Home / Tag Archives: cabelo

Tag Archives: cabelo

Feed Subscription

Tatuagem dói muito? Descubra os locais do corpo mais e menos sensíveis

Tatuagem dói muito? Descubra os locais do corpo mais e menos sensíveis

Escolha melhor o lugar para tatuar e se prepare para o procedimento! Para quem nunca fez uma tattoo , fica difícil imaginar a sensação da agulha entrando na pele. E, mesmo as pessoas que já possuem experiência no assunto, ainda têm dúvidas sobre quais locais em que a tatuagem dói mais. Esse é um fator que deve ser levado em consideração antes de partir para o estúdio, assim, você irá sabendo o que esperar. Se você está pensando em fazer uma tatuagem e quer saber se a região escolhida é dolorida ou mais tranquila, nós te ajudamos. Listamos quais são os lugares do corpo que costumam gerar maiores incômodos – ou não. Confira! Lugares em que a tatuagem dói mais Costelas Você já deve ter ouvido falar que a costela é um dos locais em que a tatuagem mais dói. Isso porque é uma região com muitos ossos e pouco tecido adiposo, gerando um impacto bem maior. Ainda assim, é uma das partes do corpo preferida das mulheres para tatuar, tanto pela delicadeza dos desenhos, quanto pela facilidade em “esconder” a tattoo quando necessário. Peitoral Essa é uma região do corpo que costuma ser bem sensível devido à presença de órgãos vitais, como coração e pulmão. Assim, ao fazer uma tatuagem no local, as dores podem ser mais intensas. Mas não afeta em nada a saúde desses órgãos! Pescoço ou nuca Pense nos arrepios causados no corpo inteiro quando o pescoço é estimulado. Isso demonstra a resposta à sensibilidade na área, o que também pode resultar em dores mais intensas na hora de fazer uma tatuagem. Região íntima Nesse local, encontram-se terminações nervosas muito sensíveis e, por isso, a tatuagem dói muito mais. Vale a pena pensar bem se você está pronta para encarar esse incômodo e considerar, também, que a região ficará um pouco inchada nos dias seguintes. Pé e tornozelo Assim como ocorre nas costelas, são muitos ossos para pouca pele. A região acaba sendo bem dolorosa, porém, o que mais costuma incomodar é o inchaço. Em alguns casos, você pode mancar por alguns dias e não conseguir usar sapatos muito fechados ou apertados durante a recuperação. Levando isso em conta, vale a pena se programar bem antes de fazer o desenho, certo? Lugares em que a tatuagem dói menos Ombros É um local comum de se tatuar, tanto pela visibilidade, quanto por ser menos dolorido. Por outro lado, a região tem a pele mais elástica, que é repuxada em quase todos os movimentos do braço. Dessa forma, a cicatrização pode ser mais demorada. Coxas Elas têm mais pele, mais gordura e são uma região mais macia. A tatuagem dói menos devido ao baixo impacto no processo, além de ser uma região mais fácil para o tatuador trabalhar. Pulsos As tatuagens no pulso também são bem comuns e não costumam doer muito. Apesar disso, vale lembrar que é um local de bastante exposição e, por isso, é bom pensar bem antes de registrar o desenho no corpo. Panturrilhas Devido à forte presença de músculos, as agulhas adentram a pele mais confortavelmente. Por ser uma região mais “escondida”, você não verá a tattoo com tanta frequência e, assim, corre menos risco de enjoar dela. Bíceps e tríceps Essa região também conta com os músculos para tornar as dores menos intensas. Não é uma regra, mas as preferidas no local são as tatuagens escritas ou com traços bem finos. Fica a dica! Agora que você já sabe onde a tatuagem dói mais ou menos , pense bem se vale a pena o incômodo para ter o desenho escolhido marcado na pele para sempre. É fundamental, também, conversar com seu tatuador sobre o assunto e considerar o uso de pomadas anestésicas, seguindo todas as orientações do profissional.

Read More »

Seis meses após divórcio, Whindersson Nunes paquera com modelo sulista

Seis meses após divórcio, Whindersson Nunes paquera com modelo sulista

“Eu queria tu”, comentou Maria Lina numa foto dele. “E eu, você”, respondeu o humorista Na última quinta-feira (22), Whindersson Nunes trocou mensagens pelo Instagram com uma estudante de engenharia civil chamada Maria Lina . A moça vem sendo apontada como novo affair do humorista após eles terem sido vistos abraçados. A jovem, de 21 anos, é de Blumenau, Santa Catarina. “Eu queria tu”, comentou Maria Lina numa foto dele. “E eu, você”, respondeu Whindersson Nunes . Esta é uma das primeiras vezes, desde o divórcio com Luísa Sonza , que uma paquera do humorista é avistada na internet. Os dois anunciaram o fim da relação em abril deste ano, alegando que a decisão foi tomada em comum acordo. “Decidimos terminar nosso casamento pra poder continuar tendo um relacionamento saudável, com parceria, amizade, respeito, admiração e muito amor”, disseram à época.

Read More »

Mulher vai para o hospital com cólica e descobre que está em trabalho de parto

Mulher vai para o hospital com cólica e descobre que está em trabalho de parto

A inglesa Holly Henton não teve nenhum sintoma de gravidez e continuou menstruando normalmente A inglesa Holly Henton, de 23 anos, levou um susto e tanto. Ela foi ao hospital porque estava sentindo fortes dores na região da barriga e achou que era uma cólica muito forte. Ao ser examinada, descobriu que estava grávida de 41 semanas e tinha acabado de entrar em trabalho de parto. Em entrevista ao jornal britânico Daily Mail, ela contou que continuou menstruando normalmente e não apresentou nenhum sintoma durante a gravidez, como náusea e dores. “Eu ainda estava menstruando como sempre e não tinha nada de anormal acontecendo. Eu ganhei um pouco de peso, mas foi logo após o Natal e nada que me fizesse pensar que eu teria um bebê”, disse Holly, que deu à luz no começo de 2020 e achava que tinha apenas exagerado no chocolate nas festas de fim de ano. A inglesa disse acordou um dia de manhã bem cedo sentindo fortes dores. Ela achou que era cólica e tomou um analgésico, mas a dor não passava. A mãe dela, vendo a filha agonizar de dor, resolveu chamar uma ambulância e foram para o hospital. Por lá, acharam que era retenção de líquidos. Após um exame físico e ultrassom, um ginecologista foi falar com Holly e lhe contou a verdade. “Quando eles me disseram que eu estava de 41 semanas eu entrei em choque. Eu queria ter filhos um dia, mas bem mais para frente, quando eu já estivesse em uma relação feliz e saudável e mais velha. Eu estava com 22 anos de idade e não fazia ideia de que estava grávida. Eu continuei fumando e saindo para beber toda semana com meus amigos”, ela contou. Felizmente, o pequeno Theo nasceu sem saudável. Por mais que não esperasse ter um filho, Holly disse que está muito feliz com a nova vida. “Tem sido emocional e estressante, mas também tem sido incrível vê-lo crescer e ver minha conexão com ele aumentar todos os dias. Eu não trocaria isso por nada no mundo”, concluiu.

Read More »

‘Panelas antiaderente’: Dicas para conservar e utilizar

‘Panelas antiaderente’: Dicas para conservar e utilizar

Confira o jeito certo de conservar panelas antiaderente e prolongar sua vida útil! Protagonistas da nossa vida na cozinha, as panelas são indispensáveis para a preparação de diversos pratos. Hoje em dia temos diversos modelos disponíveis no mercado, que vão desde as panelas de barro até as de inox. Protagonistas da nossa vida na cozinha, as panelas são indispensáveis para a preparação de diversos pratos. Hoje em dia temos diversos modelos disponíveis no mercado, que vão desde as panelas de barro até as de inox. No entanto, existe um modelo que é uma das queridinhas por aí: as panelas antiaderente! Elas estão em praticamente em todas as cozinhas do país; é perfeita para quem não quer muito trabalho com a limpeza e de quebra, ainda dá para economizar na quantidade de óleo. As panelas antiaderente são revestidas de uma camada de PTFE, sigla para politetrafluoretileno. Esse composto químico formado de átomos de carbono e flúor não reage com outros compostos e permite que materiais deslizem por sua superfície mais facilmente. O PTFE também é hidrofóbico, ou seja, ele é capaz de repelir água e diversos outros líquidos. Por isso ele é perfeito para revestir panelas e possui diversas outras aplicações na indústria. Com todo esse revestimento especial, é importante saber como conservar panelas antiaderente da maneira correta. Afinal, ninguém aí quer gastar uma grana trocando de panelas o tempo todo, não é mesmo? Com as dicas certas, você as mantém por mais tempo e utiliza da melhor maneira possível para todo o tipo de preparo em casa. Dá só uma olhada nessas dicas que o Guia da Cozinha separou para você e coloque já em prática! Panela nova Se você acabou de comprar suas panelas antiaderente, saiba que é preciso fazer um processo que ajuda a conservá-la ainda mais! Antes de usá-la pela primeira vez, besunte o interior da panela com um pouco de óleo e deixe por 2 minutos no fogo. Depois, basta lavar normalmente e utilizar! Fogo alto Você é daquele tipo que, na cozinha, é tudo ou nada e coloca o fogo sempre no alto? Pois bem, parece até uma boa ideia para agilizar o cozimento mas a sua panela sofre nesse processo. A temperatura alta excessiva pode danificar mais facilmente a camada antiaderente da sua panela. Por isso, prefira utilizar a chama em temperatura média e coloque a panela em uma boca proporcional ao tamanho. Assim, a chama ficará centralizada e cozimento será mais rápido. Utensílios Revestimentos antiaderentes são bons em não grudar alimentos, mas são frágeis quando o assunto é impacto. Utensílios de metal e pontiagudos não são os mais indicados para conservar panelas antiaderentes por mais tempo. Prefira utilizar outros materiais como plástico, silicone e madeira, já que a probabilidade de riscarem a camada superficial é menor. Limpeza Para deixar sua panela limpa e novinha, evite a todo custo materiais abrasivos, como as esponjas de aço. Utilize sempre o lado macio da esponja e detergente neutro para fazer a limpeza da sua panela. Se algo grudar, coloque um pouco de água quente e detergente e espere a sujeira amolecer. Para guardar as suas panelas, é bom evitar colocar uma dentro da outra. Isso pode gerar atritos e arranhões no material. Caso não haja espaço no seu armário, tente forrar as panelas com um pano macio ou, até mesmo, papel toalha. Deixá-las lado a lado ou penduradas pode ser uma ótima opção de conservação. E aí, curtiu as nossas dicas para conservar panelas antiaderente? Agora é só colocar em prática e claro, preparar várias receitas incríveis!

Read More »

Estresse pode provocar queda de cabelo, quebra, frizz e mais; veja como evitar

Estresse pode provocar queda de cabelo, quebra, frizz e mais; veja como evitar

Em momentos de estresse, os fios podem receber menos nutrientes e sofrer com alterações hormonais O momento atual, da pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2), é estressante para muita gente. Toda essa tensão pode afetar os cabelos, deixando-os sem vida, mais oleosos e com frizz. O estresse também por provocar a queda de cabelo e deixar os fios mais quebradiços. Como explica a dermatologista Natasha Crepaldi, de Cuiabá, o estresse provoca a liberação de mediadores químicos, como a adrenalina , que nos faz reagir com mais eficiência em situações de perigo. Isso tem seu lado positivo, mas também traz desvantagens, como a vasoconstrição. “Cabelo por ser uma das partes do corpo com maior índice de reprodução, é um dos primeiros a serem poupados”, diz a médica. Alberto Cordeiro, dermatologista especialista em cosmiatria, laser e tricologia, completa: “Com isso [a vasoconstrição], a chegada de nutrientes e hormônios ao bulbo capilar, que é a estrutura responsável pelo nascimento dos fios, é prejudicada”. Resultado disso? Tanto queda de cabelo quanto fios mais quebradiços e com frizz porque estão recebendo menos nutrientes nesse momento. Outro hormônio que pode trazer prejuízos ao cabelo é o cortisol , diretamente ligado ao estresse. “Ele encurta a fase de crescimento capilar e promove a queda”, fala Alberto. É uma queda cíclica, chamada de eflúvios telógenos, causada pelo estresse. Natasha também cita o cortisol como um vilão nesse momento: “É um hormônio catabólico que faz com que a síntese proteica seja reduzida, com isso menos nutrientes chegam aos fios também”. Dessa forma, voltamos ao problema já citado, da falta de nutrientes . Ana Carina Junqueira, médica especializada em tricologia clínica e pesquisa, ainda lembra que todo esse processo de queda capilar resulta em novos fios debilitados e também mais propensos a quebra e outros problemas, como o frizz . “O cabelo mais novo, pós queda, é sem dúvida mais fraco. O nosso couro cabeludo produz novos fios, quando esse cabelo se recompõe e cresce simultaneamente em grande quantidade, o folículo piloso recebe menos nutriente e não é capaz de se desenvolver com a mesma força e qualidade de um fio saudável”, explica Ana Carina. “Dessa forma, não contém tanta siliconação, ganhando um aspecto enrijecido, se quebrando com facilidade e causando frizz”, completa a dermatologista. Cabelo mais oleoso? Também pode ser culpa do estresse O cortisol, de acordo com Natasha, também pode deixar os fios mais oleosos. Ele, junto com uma cascata de hormônio, aumenta a produção de sebo. Com isso, os cabelos ficam mais oleosos e também mais propensos a coceira. Tal coceira, a dermatite seborréica, “também aumenta em até 20% a chance de um fio cair”, diz a especialista. Como evitar e cuidar dos efeitos do estresse nos cabelos? Alberto é categórico: “De uma forma geral, quando a queda é causada pelo estresse, não adianta fazer tratamentos apenas para o couro cabeludo ou para a fibra capilar. A indicação médica é procurar também uma terapia, meditação, relaxamento, diminuindo assim o nível de estresse”. As outras dermatologistas consultadas seguem dicas parecidas. “Primeiramente é essencial se blindar do estresse emocional, valorizando uma rotina de autocuidado e mantendo o equilíbrio corpo e mente “, diz Ana Carina. “A sugestão de fazer uma rotina em casa , com horário para acordar, alimentação adequada em qualidade e quantidade, exercícios físicos, sono, desligar de noticiários ruins e agir somente no que está ao nosso alcance e podemos controlar. Isso ajuda muito a mudar o mindset e reduzir a reação de luta e fuga instalada no organismo”, comenta Natasha. Elas também dão dicas práticas de cuidados com os fios. “Devemos procurar manter o cronograma de lavagens de acordo com as características do couro, não o deixando ficar muito oleoso, com coceira”, ressalta Natasha. A dermatologista ainda afirma que usar shampoo é o suficiente nesse momento para manter a saúde dos fios e livrá-los de vírus. “Surgiram rumores de que era preciso lavar com sabonete ou sabão para eliminar a possível contaminação pelo coronavirus ao sair de casa. Isso não é verdade, o shampoo eliminaria”. Segundo a médica, atenção recobrada aos fios coloridos ou com química. Nesse caso, ela diz que é fundamental, mesmo em casa, respeitar o calendário de hidratação, nutrição e reconstrução para recuperação dos fios. Já Ana Carina dá ensina uma receita bem simples para cuidar dos fios: “Uma ótima dica é adicionar em seu condicionador duas colheres de sopa de mel e azeite, transformando-o em uma máscara capilar. Usar essa máscara duas vezes na semana já é o suficiente para hidratar os fios”. Mais uma atitude simples para evitar a queda de cabelo e a quebra dos fios é evitar as amarrações. Natasha lembra que cabelo sempre preso favorece o aparecimento da dermatite seborréica. Além disso, a tração de um rabo ou uma trança aumenta a chance da raiz enfraquecer e o fio cair.

Read More »
Scroll To Top

Celebritys Worlds